A estação costeira VID é atacada!

16 01 2016

Adrian M. Peterson

Neste artigo será abordada a história da estação costeira VID, de Darwin, no Território do Norte da Austrália, quando foi reconstruída após o ataque aéreo japonês em 1942. Ela sofreu seu maior dano em 27 de Agosto de 1942, quando foi atingida em cheio, o que resultou na destruição de todos os equipamentos e boa parte da sua estrutura. Logo em seguida ela foi reconstruída e progressivamente retornou a operar.

Em 1 de Agosto de 1943, a VID começou a transmitir sinais horários da ABC às 0900 e 2200, horário local, diariamente. É provável que essa retransmissão feita duas vezes por dia a partir de um receptor sintonizado na estação de ondas curtas da ABC, provavelmente a VLQ, em Bald Hills, Queensland.

Em 1949, a VID foi dilapidada, tornando sua operação difícil até mesmo para seus experientes profissionais. O transmissor original estava quase acima de sua capacidade.

Outra estação foi construída, sendo que a antiga na McMinn Street foi silenciada na meia-noite de 15 de Junho de 1950 e a propriedade passou a abrigar o Jardim Botânico de Darwin. A estação foi instalada na Gregory Street Parap, e com equipamentos eletrônicos totalmente novos entrou oficialmente em serviço com um novo receptor remoto instalado na Baía Shoal, no norte de Darwin.

Quase vinte e cinco anos depois, o desastre atingiu novamente Darwin e por consequência a estação VID. Desta vez foi o ciclone Tracy, no natal de 1974, com ventos de 240 km/h. Este evento, que foi o mais desastroso ciclone a atingir a Austrália, silenciou a estação retransmissora da Rádio Austrália em Darwin, na Península Cox, bem como a VID por uma semana ou mais.

Estima-se que 80% da cidade de Darwin foi destruída e necessário evacuar 30 mil pessoas para abrigos temporários em áreas ao sul. A cidade foi posteriormente reprojetada e reconstruída na sua localização atual, com a aplicação de novas medidas de segurança para evitar desastres futuros.

O prédio da VID foi levemente danificado, mas a maior parte dos sistemas de antena foram danificados, incluindo três mastros maiores e outros vinte menores. No período do desastre, o gerente da estação, Bob Hooper, rapidamente colocou alguns de seus equipamentos radioamadorísticos em seu carro e levou à estação.

A partir do seu carro, Hooper administrou o máximo de tráfego da VID quanto possível e manteve comunicação com a VIP em Perth para passar alguns dos detalhes do desastre em Darwin. Boa parte do tráfego foi então repassado a para a estação VIT em Townsville  e também à VII na Ilha Thursday.

Na manhã do Natal foi permitida a ancoragem do navio “Nyanda” no porto de Darwin para assumir o serviço de comunicações da VID sob o indicativo VID2. O “Nyanda” tinha sido registrado anteriormente como “Transontario” para operar na América do Norte.

Quatro dias depois, quando o “Nyanda” partiu o serviço foi assumido pelo navio “Darwin Trader”. Entretanto, parte dos sistemas de antenas já estavam reabilitados na estação em terra e parte das comunicações voltaram a funcionar a partir dela.

Desde a chegada do ciclone Tracy, não havia energia elétrica e a estação dependeu completamente de seu sistema de geração. Duas semanas depois o fornecimento energia elétrica voltou ao normal.

Em Maio de 1999 ela passou a ser operada remotamente a partir da estação VIP em Applecross. Três anos depois a VID deixou de operar. Na época ela ia ao ar com cinco transmissores de 1 kW.

Com isso, a estação costeira VID encerrou suas operações após quase 90 anos de excelentes serviços.

Na propriedade que ela ocupava foi construído um conjunto habitacional.

Artigo traduzido mediante autorização. A publicação em qualquer outro meio é expressamente proibida.


Ações

Information

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: