A cena radiofônica na ilha do sal negro

10 01 2016

Adrian M. Peterson

A ilha de Maui fica no Pacífico Central e é a segunda maior do arquipélago do Havaí, com uma população de 150 mil habitantes. Cerca de dois milhões de turistas visitam a ilha todos os anos, a maioria proveniente da América do Norte.

Possui dois vulcões inativos, um ao lado do outro e que são unidos por um verdejante istmo. O vulcão do leste é o Haleakala e possui uma altitude do fundo do oceano ao topo de 8005 metros. No idioma polinésio original do Havaí, seu nome significa “Casa do Sol”, aparentemente em referência a lava vermelha que escorreu em séculos anteriores.

Os primeiros habitantes da ilha vieram do Tahiti e das ilhas Marquesas há alguns séculos e recebeu tal nome em homenagem ao filho do polinésio que a descobriu.

No nordeste da ilha fica a Praia da Areia Negra, uma grande atração turística. A areia negra na verdade trata-se de lava vulcânica que foi granulada pelo vendo e ondas.

O primeiro explorador europeu a visualizar Maui foi o Capitão James Cook em 1778, embora nunca tenha aportado. O primeiro a fazê-lo foi o Almirante francês Jean-Francois de la Perouse, oito anos depois. Missionários ingleses chegaram em 1823; e durante o século XIX mais de 100 navios ancoraram na baía Lahaina.

Em 1898 o Havaí foi anexado pelos Estados Unidos; e dois anos depois, as ilhas foram organizadas politicamente como território dos Estados Unidos. A categoria de Estado foi obtida em 1959.

No início do século XIX, a indústria de cana de açúcar foi introduzida, e na época uma tonelada de água era necessária para produzir meio quilo de açúcar. Maui ainda é a maior produtora de cana de açúcar no Havaí. Durante a guerra no Pacífico, mais de 100 mil pessoas recrutas passaram por treinamento em Maui.

O rádio chegou em Maui no início do século passado no sul da ilha como parte de uma rede de estações da Marconi. Os testes iniciais foram insatisfatórios e a estação foi deslocada para uma localidade em frente ao mar, desta vez com sucesso em contatos com outra estação nova, na ilha Lanai. No início de 1901 a estação de Makena Maui foi desativada.

Em 1909, a Mutual Telephone Company tentou novamente colocar em funcionamento uma estação de rádio na ilha, que foi ao ar sob o indicativo KHL. Em 1930, um sistema telefônico via rádio foi instalado no Havaí e a nova estação ficava em Ulupalakua, no centro oeste da ilha. Ela usou três indicativos diferentes, KGXH, KGXI e KGXH, na faixa de 6 MHz.

Por 23 anos houve uma estação de ondas curtas em Maui. Trata-se da conhecida estação de sinais horários WWVH, que tem relação direta com a estação instalada nos Estados Unidos, a WWV.

Em 22 de novembro de 1948 a WWVH foi inaugurada com três transmissores, todos de 1 kW, e irradiavam o sinal horário em 5, 10 e 15 MHz. Os sistemas de antenas eram direcionados para o oeste da América do Norte.

A estação ficava próxima a Kihei, no oeste de Maui. Na época, três sistemas de antena bastante simples foram utilizados.

Na época, a WWVH era ligada duas vezes por dia, por volta das 0700 e 1900 UTC, de forma que a o pessoal pudesse monitorar as transmissões da WWV, que ficava em Beltsville, Maryland. Desta forma a precisão das transmissões da WWVH podia ser comparada com a WWV. A distância horária entre as duas estações era de apenas 27 milissegundos.

In July 1964, voice time announcements were introduced over WWVH, and these announcements conveyed the standard time in Hawaii itself.

Oito anos após a inauguração, a potência de cada um dos transmissores foi dobrada para os mesmos canais já usados. Dez anos depois, outro canal foi colocado em uso, o de 2,5 MHz, com uma potência de 1 kW.

A existência da estação era cada vez mais necessária. Ao longo dos anos as águas do oceano estavam se aproximando da estação e não havia ar condicionado. A corrosão estava começando a comprometer os equipamentos eletrônicos.

Durante o ano de 1968, o Congresso Nacional alocou fundos para a construção de uma estação de sinais horários totalmente nova no Havaí. Ela foi instalada em um prédio em Kekaha, na ilha de Kauai. A estação antiga foi progressivamente desativada e a de Kauai entrou em operação completa em Julho de 1971.

A propriedade usada originalmente pela WWVH passou para as mãos da Administração Nacional Oceânica e Atmosférica (NOAA), sendo que seu prédio hoje é ocupado por setores administrativos e o Centro de Boas Vindas do Serviço Observação de Baleias Humpback do Santuário Marinho Nacional. O local aparece com bom nível de detalhes no Google Earth, na 726 South Kihei Road, Kihei, na ilha de Maui.

A primeira estação de ondas médias em Maui foi a KMVI, inaugurada em Wailuku em 17 de Março de 1947, com 1 kW em 550 kHz. A emissora prossegue no ar até hoje com o mesmo indicativo, mas com potência de 5 kW. Hoje há seis estações de ondas médias e 17 em FM.

Artigo traduzido mediante autorização. A publicação em qualquer outro meio é expressamente proibida.


Ações

Information

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: