A cena radiofônica na Ilha Reunião

2 01 2016

Adrian M. Peterson

Há pouco tempo o governo francês informou que o pedaço da asa de um avião encontrado boiando na costa leste da Ilha Reunião, no Oceano Índico, pertencia ao voo MH370, da Malaysia Airlines. Depois de um estudo intensivo da peça de 1,80 metros da parte da asa conhecida como “flaperon”, as autoridades francesas confirmaram que tratava-se do Boeing 777 da Malaysian Airlines que desapareceu durante o voo de Kuala Lumpur à Beijing.

Os investigadores confirmaram que o componente 657 BB foi identificada por um técnico da Airbus na Espanha, que fabricou a referida peça para a Boeing. O avião, com 239 passageiros e tripulantes saiu de Kuala Lumpur com destino a Beijing em 8 de Março de 2014, quando o controle aéreo perdeu o contato com ele.

Apesar das buscas em grandes áreas do sul do Oceano Índico, nenhum traço do avião foi encontrado até que a peça já povoada por crustáceos fosse encontrada na Ilha Reunião, há mais de 3200 km de distância do principal ponto de buscas. As autoridades continuam as buscas de outras partes do avião nas proximidades da Ilha Reunião e cercanias. A busca das partes mais pesadas do avião prosseguem também nas águas profundas do Oceano Índico.

O flaperon da asa direita do avião foi encontrado na costa noroeste da Ilha Reunião, próximo à vila St. Andre. Na manhã de 29 de Julho de 2015 Johnny Begue encontrou a peça à margem da praia, que estava parcialmente enterrada na areia.

Ele e os trabalhadores de manutenção da praia discutiram o achado e decidiram informar à mídia e à polícia. Johnny Begue telefonou para a Radio Freedom St Andre (106,2 MHz) e no início o pessoal custou a acreditar na história. Ele foi entrevistado no ar e em poucas horas o mundo todo tomou conhecimento do fato.

A Ilha Reunião fica a 643 km de Madagascar, tem uma área de cerca de 56 km² e dois vulcões, sendo um deles ativo.

A ilha tem cerca de um milhão de habitantes e a capital é St. Denis, que fica na norte da ilha. O idioma oficial é o Francês, mas também fala-se Crioulo e o Inglês é o segundo idioma ensinado nas escolas.

Há vários séculos a ilha era desabitada, mas visitada por mercadores árabes. Os primeiros europeus a avistar a ilha foram os portugueses em 1507, sendo que desembarcaram dois anos depois. Em 1638 os franceses solicitaram a posse da ilha e os primeiros habitantes chegaram 27 anos depois.

A marinha britânica assumiu o controle da ilha em 1810, mas o Congresso de Viena fez com que a posse voltasse aos franceses cinco anos depois. Durante a II Guerra Mundial, Reunião inicialmente ficou ao lado de Vichy, mas em 30 de Novembro de 1942 a França Livre assumiu o controle.

A primeira estação de rádio em Reunião foi instalada em St. Denis após o fim da I Guerra Mundial, e foi ao ar sob o indicativo HYO. O transmissor de centelhamento foi então substituído por um equipamento valvulado.

O primeiro serviço de radiodifusão foi inaugurado em meados de 1935 com uso em tempo parcial de um transmissor de 60 W nas cercanias dos 6000 kHz. Dois anos depois, a estação foi listada com um serviço em ondas médias, em 617 kHz com 160 W.

Nos anos seguintes a Radio St. Denis foi captada de forma irregular em ondas médias/curtas com uso de baixa potência em diversas frequências e horários, incluindo 4797, 4800, 4807, 7170, 9600 e 9615 kHz. A programação ia ao ar por cerca de meia hora no período da manhã e 45 minutos durante a noite.

Em 1950 os equipamentos foram atualizados e o tempo no ar aumentado. O transmissor de ondas médias passou a contar com 1 kW em 620 kHz e, em ondas curtas, um transmissor de 1,5 kW em 3380 kHz em 4820 kHz em diferentes horários do dia.

Doze anos depois, outra estação foi construída, com vários transmissores de potências na faixa de 4, 8 e 20 kW em ondas médias e curtas. Na época, a cobertura da capital era feita em 620 kHz e a regional por meio de quatro canais em ondas tropicais e curtas.

Estações regionais em ondas médias estiveram ativas em diversos períodos:

St. Pierre – costa sul de Reunião – 0,25 kW – 1964 – 1975

La Port – costa noroeste – 4 kW – 1985 – 1994

St. Andre – costa nordeste – 5, 10 e 20 kW – 1979 – presente

Por um período curto de tempo no ano de 1975, uma localidade adicional foi ao ar em ondas curtas a partir de Reunião. Ela contava com 1,5 kW em 3210 kHz a partir de St. Andre, o mesmo local onde os restos do avião foram encontrados.

O uso das ondas curtas para cobertura local terminou no final de 1975, restando então apenas dois transmissores de ondas médias:

St. Denis – 20 kW – 666 kHz

St. Andre – 5 kW – 1215 kHz

Na atualidade há mais de 100 estações FM em Reunião, proporcionando cobertura mesmo em áreas distantes.

Artigo traduzido mediante autorização do autor. A publicação em qualquer outro meio é expressamente proibida.

Anúncios

Ações

Information

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: