A cena radiofônica na Havaí

26 09 2015

Adrian M. Peterson

O arquipélago do Havaí é composto por uma cadeia de ilhas vulcânicas no meio do Pacífico, entre os Estados Unidos e a Ásia. Se estende por 2400 km de noroeste a sudoeste. É composto por ilhas maiores, menores, ilhotas, afloramentos rochosos e atois de coral com um total de cerca de 200 listadas e nomeadas, das quais sete possuem população permanente.

A ilha de Molokai é a quinta maior do arquipélago e fica no centro do maior conjunto de ilhas desabitadas. Molokai possui 65 km de comprimento por 15 km de largura e seu formato lembra o de um sapato feminino ou talvez de um peixe.

Molokai é uma ilha montanhosa formada por dois vulcões extintos. Os extremos norte e leste da ilha são montanhosos e acidentados e penhascos com 6500 metros são os mais altos do mundo. As áreas mais altas recebem até 170 mm de chuva por ano.

Durante o dia, duas ilhas próximas são visíveis do sul de Molokai e à noite as luzes de Honolulu, distante 40 km, são vistas do oeste. A cidade principal é Kaunakakai, no centro da costa sul, com menos de mil casas. Há uma rodovia principal que corta toda a ilha e a velocidade limite é de 65 km por hora.

O prospecto turístico de Molokai destaca as paisagens tropicais, cuidado com o meio ambiente, as ricas tradições havaianas e uma cultura de hospitalidade com o visitante. A ilha de Molokai é conhecida como “Ilha Amigável”.

Os primeiros habitantes de Molokai foram povos polinésios que começaram a chegar de outras ilhas do Pacífico Central e do Sul nas primeiras ondas de imigração há 2500 anos. Os primeiros exploradores europeus foram liderados pelo famoso capitão James Cook em 1778; e o primeiro a desembarcar foi o capitão George Dixon, durante a exploração da costa oeste da América do Norte e Alaska oito anos depois.

No início do século XIX a Rússia considerou colonizar a ilha de Molokai para produzir comida para suas colônias no Alaska; o primeiro povoamento europeu foi estabelecido pelo missionário protestante Harvey Hitchcock em 1832; católicos europeus estabeleceram uma colônia de portadores de hanseníase no norte da península em 1866.

Em 1899, Fred Cross, de Buffalo, Nova Iorque, esteve no Havaí com o intuito de estabelecer uma rede de estações de rádio para comunicação entre as ilhas. Ele reuniu-se com Marconi em Nova Iorque em 31 de Outubro de 1899 e garantiu um contrato para instalação de cinco estações. Três funcionários da Marconi, Trios Bowden, John Pletts e B. E. Hobbs chegaram em Maio de 1900 para iniciar a instalação em cinco ilhas diferentes.

A primeira foi composta por um equipamento primitivo instalado próximo à praia de Laau Point, na costa oeste. As primeiras transmissões começaram em Agosto de 1900 com pouco sucesso. As únicas estações que conseguiam manter contato entre si ficavam nas ilhas Lanai e Maui.

A Marconi convocou seu melhor funcionário, Andrew Gray, que estava na África para auxiliar no Havaí. Ele executou os trabalhos com sucesso no primeiro link, de Honolulu a Molokai, transferindo a estação para um local no nível do mar, em Kaimuku. O link foi inaugurado com sucesso em 13 de Novembro de 1900.

A estação da praia Laau Point em Molokai podia manter contatos com a que ficava próxima a ilha Lanai. A rede de cinco estações entrou em operação em 2 de Março de 1901.

Três anos depois a estação de Lanai foi transferida para Kamalo, em Molokai. Por conta disso, a rede entre ilhas operou temporariamente duas estações em Molokai; Laau Point, no oeste de Kamalo era a outra. A estação de Laau Point foi fechada e a de Kamalo passou a ser a única em Molokai.

Após menos de cinco anos de tentativas o sistema foi desmontado devido à ineficiência em 9 de Janeiro de 1906. O sistema foi vendido e reorganizado como Wireless Telegraph Co no ano seguinte.

Dois anos depois o sistema foi comprado pela Mutual Telephone Company. O transmissor de centelhamento de 500 W foi ativado em 1 de Janeiro de 1909 com o indicativo AM.

Os equipamentos foram instalados em Kaunakakai, no centro-sul da ilha. Novos transmissores foram instalados em cinco localidades e a agência de licenciamento do governo inspecionou todos, mas a emissão das licenças ocorreu apenas em 1916. O indicativo da estação de Molokai era KHO.

Em 1930, todos os sistemas foram modernizados com a instalação de equipamentos valvulados. A FCC emitiu licenças para cada uma das estações, e a de Kaunakakai recebeu o indicativo KGXN para operação na frequência de 51600 kHz.

A próxima estação instalada no arquipélago já era para a faixa de ondas médias e sua história será abordada em um artigo que será publicado em breve.

A ilha é mundialmente conhecida pela dança Hula. De acordo com histórias que datam mais de mais de dois séculos atrás, a dança Hula fazia parte de uma espécie de culto e em homenagem aos líderes de comunidades em ocasiões sociais importantes. Hoje, é uma bela dança típica que é parte dos atrativos turísticos do Havaí.

Artigo traduzido mediante autorização do autor. A publicação em qualquer outro meio é expressamente proibida.

Anúncios

Ações

Information

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: