O indicativo VLC da Rádio Austrália

6 09 2015

Adrian M. Peterson

A origem do indicativo VLC, conhecido por ser usado pela Rádio Australia em Shepparton, Victoria, durante o período da guerra, data do distante ano de 1913. Em 18 de Setembro daquele ano uma nova estação entrou em serviço a partir da pequena Ilha Chatham, localizada 805 km a leste da Nova Zelândia.

A Ilha Chatham possui uma população de apenas 600 habitantes e a principal cidade é Waitangi, ao sul da Baía Petrie, no oeste da ilha. Chatham é o território mais a leste da Nova Zelândia, e seu fuso horário é de 45 minutos à frente da Nova Zelândia.

Ela foi instalada no topo de um penhasco próximo a Waitangi, com os dois mastros de 45 metros de altura separados 90 metros. Uma iluminação potente foi instalada no topo de uma das torres e passou a ser usada como farol por embarcações nas proximidades.

O indicativo VLC, com a letra inicial em homenagem à Rainha Vitória da Inglaterra foi modificado para ZLC em 1929. A estação foi fechada na década de 1990.

A Tasmânia é uma pequena ilha oval com 1,3 km² com um planalto em sua região mais alta. A ilha foi formada por uma montanha submarina com 305 metros de altura. Ocupada por uma densa floresta outrora, esta quase desapareceu para fornecer lenha.

O local recebeu tal nome em homenagem ao explorador holandês Abel Janszoon Tasman. Ela foi batizada com tal nome pelo navegador britânico Matthew Flinders em 9 de Dezembro de 1798 durante sua épica navegação por todas as ilhas australianas.

Em 1905 foi construído um farol no ponto mais alto da Tasmânia. A construção usou grandes placas circulares feitas na Inglaterra, cada uma pesando 750 kg. O topo ficava a mais de 515 metros acima do nível do mar, um dos mais altos da Austrália.

Por conta dos penhascos que cercam a ilha, há apenas duas passagens para o planalto, o que implicou em um complicado processo para transporte de pessoas e maquinário pesado.

Os itens foram levados de um navio cargueiro para uma pequena lancha e descarregados finalmente na ilha. Um sistema de cabeamento ajudou no transporte, que foi finalizado com a ajuda de cavalos. Hoje, transportes do tipo são feitos com helicópteros.

Os únicos residentes da ilha eram os funcionários do farol, exceto durante o período da guerra, quando pessoal de comunicações da Marinha Real Australiana esteve na ilha para monitorar e operar equipamentos de rádio.

Apenas uma morte foi reportada na época, de um comerciante que estava trabalhando na instalação de um guindaste em 1927.  O esqueleto de um aborígene foi encontrado em uma caverna há vários anos.

No mesmo período a senhora Joyce Mitchell adoeceu e faleceu poucos dias depois em um hospital de Hobart por conta de uma pneumonia. Apenas dois bebês nasceram na Tasmânia, e o primeiro foi Eileen Johnston em 1920.

Na época da construção do farol, alguns dos funcionários fizeram experiências em Código Morse com outros amadores de Hobart. No ano seguinte foi emitida a licença de operação de um transmissor experimental na capital.

No início de 1906 a construção do farol e três bangalôs para os funcionários foi completada. O farol da ilha da Tasmânia entrou em operação em 2 de Abril.

Na época, pombos foram usados para o envio de mensagens do farol à central de serviço em Hobart.  Em 1915 foram anunciados planos de instalação de uma estação de rádio na ilha. Em 22 de Julho do ano seguinte, um pequeno transmissor de centelhamento foi inaugurado para comunicação com estações semelhantes em Hobart e nas ilhas Bruny e Maatsuyker.

Uma estação de rádio alimentada pelo movimento de uma bicicleta foi instalada em 1930; ela foi substituída no início da guerra no Pacífico com um equipamento operado por bateria. Ela utilizava a frequência de 1579 kHz, pouco acima do que era na época a faixa de ondas médias. Em 1941 ela operava com o indicativo VLC.

O farol da ilha da Tasmânia funciona até hoje, mas foi totalmente automatizado há pouco tempo. O clube de serviços “Amigos da Ilha da Tasmânia”está restaurando gradualmente diversas construções e estruturas da ilha, e às vezes uma estação radioamadorística temporária é instalada em conjunto com tais projetos.

Em Fevereiro de 1944 um transmissor de fabricação norteameticana de 50 kW para operação em ondas curtas foi instalado em Shepparton, Victoria, e ativado para uso em tempo parcial a partir de 1 de Março também com o indicativo VLC. O plano original era que todos os três transmissor instalados lá tivessem 100 kW, mas não havia disponibilidade na época.

O transmissor RCA modelo MI7330 foi emprestado a emissora por meio de um programa que existiu no período da guerra. Ele foi construído originalmente para instalação próximo a São Francisco para ser usado pela Voz da América sob indicativo KWIX, mas passou a ser usado pela “Australia Calling” com a garantia que transmitiria diariamente o programa da VOA “Hora Filipina” para aquela nação asiática.

O transmissor em Shepparton, Austrália, passou a operar em tempo integral em 25 de Agosto de 1944 e a retransmissão da “Hora Filipina” foi transferida para o navio “Apache” no ano seguinte.

Sob um projeto de modernização iniciado em 1957, o transmissor VLC foi bifurcado e, junto com equipamentos eletrônicos adicionais, uma segunda unidade de 50 kW ficou disponível para uso dois anos depois.

Em 1960, outro transmissor bifurcado, uma unidade de 100 kW, assumiu o indicativo VLC por um curto período até a Rádio Austrália deixar de usar indicativos, em Outubro de 1961. Dali em diante, o indicativo VLC tornou-se a “linha C” como identificação de programas provenientes dos estúdios em Melbourne para quaisquer dos transmissores da Rádio Austrália em Shepparton.

Artigo traduzido mediante autorização do autor. A publicação em qualquer outro meio é expressamente proibida.


Ações

Information

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: