A radiodifusão na Nova Caledônia (parte 4)

9 08 2015

Adrian M. Peterson

Neste artigo será apresentada a história de outra emissora da Nova Caledônia, assim como informações sobre os vários cartões e cartas QSL emitidas ao longo dos anos, começando com a emissora de ondas curtas original, FK8AA, antes do meio do século passado.

Com o influxo de norteamericanos no Pacífico Sul durante a Guerra no Pacífico, diversas estações de ondas curtas foram instaladas em várias localidades. Todasem localidades temporárias e a maioria deslocada conforme as forças foram para o norte.

Em 1942 a primeira estação de ondas curtas norteamericana foi instalada em Noumea, capital da colônia de Nova Caledônia. A essa emissora, localizada na área suburbana de Anse Vata, foi alocado um indicativo do exército, WVJN, e entrou em serviço em 14 de Maio de 1942.

Na época, o General Douglas MacArthur instalou seu quartel general em Brisbane/Austrália e a estação WTO mantinha contatos em Código Morse de alta velocidade com a estação do exército no Hawaii, WTJ, e também com a de Noumea em Código Morse manual. A sofisticada estação WVY de San Francisco apresentava dificuldade de comunicação com Noumea e passou a não aceitar mensagens manuais desta.

Durante os anos de 1943 e 1944 a estação de Noumea foi captada por diversos ouvintes na Austrália e Estados Unidos com conteúdos gerados para retransmissão em ondas médias nos Estados Unidos. De acordo com informes de monitoramento, o sinal era baixo, indicando que a potência era realmente como tal.

Uma dessas transmissões foi captada em 15410 kHz com o programa “NBC Army Hour” em 28 de Novembro de 1943. Outra transmissão semelhante foi captada em 15490 kHz poucos meses depois; e novamente em 17785 kHz em Agosto de 1944.

O centro transmissor original (1942) da estação WVJN ficava no subúrbio de Noumea, mas sabe-se que foi levado posteriormente à base da força aérea nortramericana em Tontouta um ano depois. Foi fechada em 1945 ou 1946 quando as forças norteamericanas deixaram a Nova Caledônia rumando para o norte.

O conhecido historiador do mundo do rádio, Jerry Berg, informa que a coleção de QSLs do CPRV possui uma carta QSL da “American Expeditionary Station”, confirmando a recepção da estação de ondas curtas em 15460 kHz em Abril de 1944. Ao que parece o conteúdo do programa foi produzido nos estúdios da Cruz Vermelha na estação WVUS e transmitido pela estação WVJN. A carta foi assinada pelo militar Paul Masterson, que estava à serviço da WVUS naquela época.

Um outro transmissor que foi ao ar a partir da Nova Caledônia durante a Guerra no Pacífico pertencia ao Serviço Nacional de Radiodifusão da Nova Zelândia. Ela operou de Abril de 1943 a Agosto de 1944 com conteúdos para difusão local e retransmissão na Nova Zelândia.

Durante um ano e meio de serviço, a estação da NZNBS produziu um programa, o “Kiwi Hour”, que era retransmitido pela Rádio Noumea. Outro programa também era preparado em Noumea sob o título “With the Boys Overseas” cujo conteúdo era enviado de avião à Nova Zelândia duas vezes por semana para retransmissão em rede na faixa de ondas médias na Nova Zelândia.

Em Agosto de 1944 os equipamentos foram doados à Rádio Noumea e o pessoal retornou à terra natal.

Agora vamos ao histórico de confirmações de emissoras da Nova Caledônia… O radioamador FK8AA emitiu um QSL que servia tanto para verificação de seus contatos como programas de rádio. Este cartão continha um texto simples e no período pré-guerra muitos ouvintes reclamavam que era tão difícil de obtê-lo quanto captá-la.

A estação de comunicações FZM, operada pelo departamento de correios e telégrafos e a FUJ, pertencente à marinha, era conhecida por assinar e carimbar cartões preparados. A Rádio Noumea emitiu ao menos três cartões QSL diferentes durante seus mais de cinquenta anos de transmissões.

Os primeiros cartões, emitidos na década de 1950, possuíam um texto com dois estilos de impressão diferentes; nos anos 1970, um modelo mais elaborado mostrava uma torre com círculos representando a irradiação. Em um período mais recente, a Rádio Noumea confirmava com uma carta padrão que continha um mapa da ilha e uma lista dos transmissores de ondas médias e curtas.

Na década de 1980s, ouvintes da Austrália e Nova Zelândia captaram programas da AWR a partir de Noumea. De acordo com relatórios de recepção, o programa era produzido no estúdio da rádio “La Voix de l’Esperance” em Paris, o mesmo em que eram produzidos os programas para transmissão pela Rádio Mundial Adventista.

Os programas transmitidos pela Rádio Noumea em 3355 e 7170 kHz não eram supervisionados diretamente pela Adventist World Radio, embora o conteúdo e programação fosse o mesmo. Várias confirmações de cortesia foram emitidas pelo escritório da AWR no sul da Ásia confirmando tais transmissões.

A coleção da AWR possui dois desses cartões QSL, datados de 5 e 23 de Novembro de 1982. O QSL mostra um mapa mundi em laranja que era emitido pela AWR-Ásia em Poona, Índia. Elas eram assinadas por Jose Jacob durante a época em que trabalhava de forma voluntária para a Adventist World Radio em Poona.

Artigo traduzido mediante autorização do autor. A publicação em qualquer outro meio é expressamente proibida.

Anúncios

Ações

Information

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: