Os Jogos Olímpicos de 1956 no rádio

27 04 2014

Adrian M. Peterson

Durante as Olimpíadas de Paris em 1924 e de Amsterdam em 1928 houve cobertura noticiosa no rádio sobre alguns esportes, mas sem cobertura ao vivo.

Nos Jogos Olímpicos de Inverno de Lake Placid em 1932 houve cobertura ao vivo pela primeira vez e os programas eram transmitidos em ondas médias e ondas curtas. Entretanto, segundo informações colhidas por Jim Hilliker, nas Olimpíadas de Los Angeles houve cobertura pelo rádio tanto em ondas médias como curtas, mas sem permissão de transmissões ao vivo, embora tenham sido efetuadas solicitações para tal.

Nas Olimpíadas de Berlim em 1936 houve grande cobertura por emissoras locais e de ondas curtas. O governo alemão instalou 8 transmissores adicionais de ondas curtas com 50 kW em Zeesen, cidade próxima a Berlin, especialmente para garantir cobertura mundial do evento.

Nas Olimpíadas de Melbourne em 1956 também houve cobertura pelas ondas curtas, mas de uma forma diferente. É disso que trataremos neste artigo.

A Austrália fica muito distante de qualquer continente. A única forma de chegar ou sair é por navio ou avião. Da mesma forma, para cobertura noticiosa internacional, as únicas formas práticas na época eram por cabo submarino ou rádio em ondas curtas.

A primeira ocasião na qual houve a cobertura por ondas curtas de eventos esportivos na Austrália foi durante os Jogos do Império Britânico de Sydney durante o verão de 1938. Eles ocorreram entre 5 e 12 de Fevereiro e foram parte das comemorações do 150º aniversário de Sydney.

A ABC tinha direitos exclusivos de transmissão ao vivo dos eventos e as emissoras locais de ondas médias cobriam as manchetes principais. Em ondas curtas, tanto as estações VK2ME, com 10 kW em Pennant Hills e VLR, com 2 kW em Lyndhurst retransmitiam as informações para o mundo.

Para garantir o máximo de cobertura das Olimpíadas de Melbourne, o governo australiano determinou que todos os transmissores de ondas curtas existentes no país fossem disponibilizados para o fluxo de informações para o exterior. Tal determinação aplicou-se a todas as estações governamentais e comerciais, assim como às forças armadas.

Como resultado desta política, um total estimado de 50 transmissores de ondas curtas levou ao ar informações sobre as Olimpíadas de 1956. Os informativos eram gravados ou transmitidos ao vivo e havia também relatórios via fax e telegrafia para publicação em jornais. A BBC contou com diversos linguistas para preparar informativos em 40 idiomas diferentes para inclusão nas transmissões do Serviço Mundial.

Todas as 160 estações de ondas médias do país, comerciais ou da ABC, levaram ao ar diversas formas de cobertura, assim como 4 novas emissoras experimentais de FM operadas pela ABC. Na época, a televisão era uma novidade no país e todas as 6 estações de Melbourne e Sydney fizeram a devida preparação para levar ao ar programas alusivos às Olimpíadas.

Em ondas curtas, o Serviço Interno da ABC operou 9 transmissores de 10 kW e 2 kW em 4 estados, assim como 1 em Port Moresby, Nova Guiné, e todos levavam ao ar notícias independente do conteúdo transmitido pela emissora de ondas médias da mesma localidade naquele horário.

Dois transmissores foram instalados pela Rádio Austrália em Shepparton para melhor cobertura, sendo o primeiro fabricado pela norteamericana RCA, com 50 kW (que usou o indicativo VLD) e o segundo pela australiana STC, com 10 kW (que usou o indicativo VLY).  Eles auxiliaram a melhorar a cobertura dos transmissoras VLA e VLB (100 kW) e VLC (50 kW).

Os transmissores utilitários recém instalados em Doonside, próximo à Sydney, também foram usados com a mesma finalidade, embora não se saiba quantos entraram em serviço. A única informação é que suas potências variavam entre 10 kW e 30 kW.

A estação de Doonside substituiu a da AWA em Pennant Hills que levou ao ar a programação durante o período que antecedeu a II Guerra Mundial com o indicativo VK2ME, e durante o conflito como Australia Calling. Para obter melhor abrangência, os transmissores de Pennant Hills foram mantidos em condição de substituir os de Doonside conforme necessário

Sabe-se que também que um grande centro transmissor operado pela Marinha Real Australiana em Belconnen, próximo à Canberra, era protagonista no fluxo de informações para o exterior. A estação VHP manteve prontos 38 transmissores de ondas curtas e 44 sistemas de antena. Entretanto, é óbvio que nem todas essas unidades foram utilizadas nesse período temporário.

É possível que a estação da marinha próxima à Darwin, no Território do Norte, de indicativo VHI, tenha sido usada algumas vezes para retransmitir o conteúdo de Belconnen quando sua contraparte era utilizada para transmissões marítimas regulares.

Fomos informados também que a a estação do exército em Diggers Rest, Victoria, com seus transmissores de ondas curtas também efetuou retransmissões a partir de suas instalações recém reformadas. Da mesma forma, estações da força aérea foram utilizados, mas não há informações suficientes sobre isso.

Na época, a estação da AWA em Fiskville, Victoria, ainda estavam em uso para envio de mensagens em telegrafia e fonia. Ao que parece, seus 3 transmissores, com cerca de 10 kW e que usavam os indicativos VIY e VIZ foram para emissões olímpicas.

Desta forma, por um período de 17 dias, toda a capacidade de transmissão em ondas curtas da Austrália foi colocada a serviço da amizade entre os povos. Isso reforça o fato de os jornais da época terem apelidado as Olimpíadas de 1956 como os Jogos da AMizade.

Artigo irradiado no programa Wavescan e traduzido mediante autorização. A publicação em qualquer outro meio é expressamente proibida.


Ações

Information

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: