Datatrak

30 03 2014

Ary Boender

As informações presentes neste artigo foram fornecidas pela Securicor Datatrak Europe.

O Datatrak é um sistema de Localização Automática de Veículos desenvolvido pela Securicor Group Plc. Foi originalmente projetado para localizar os veículos armados da referida empresa. O crescimento rápido da demanda nos últimos anos tem sido provocada por mudanças fundamentais em outras áreas da economia. Os fabricantes e distribuidores precisam saber onde suas remessas estão durante todo o trajeto. O Datatrak funciona no Reino Unido, Holanda, Bélgica, Luxemburgo, Áustria, Malta, África do Sul e Argentina.

A cobertura de navegação é proporcionada por uma rede de de estações sincronizadas que transmitem sinais em frequências baixas de tempos em tempos. Elas vão de 131 a 148 kHz. Usando frequências baixas combinadas com técnicas avançadas de transmissão em função do tempo, alta precisão com cobertura ininterrupta é possível em qualquer terreno.

O número de estações depende da área de cobertura necessária. Até vinte e quatro estações podem ser implantadas, mas a cobertura de uma área de até 25 mil km² pode ser obtida com apenas quatro estações. No Reino Unido uma rede de quatorze estações disponibiliza cobertura com alta precisão a 95% do veículos em movimento, estejam eles no litoral ou no coração das maiores cidades.

Os transmissores ao longo do país são usados para fornecer um ponto fixo enquanto as unidades móveis calculam a posição a partir de diferenças de atraso na propagação dos sinais de vários transmissores. Esta informação é envelopada com uma mensagem curta de status e transmitida na faixa de UHF (460 MHz) a uma rede de aproximadamente 120 receptores. As transmissões de dados são coletadas e enviadas ao centro de controle por uma rede em terra.

A cada 1,68 segundo a unidade localizadora recebe uma atualização e informa a localização do veículo em um raio de 50 metros. Todas as estações base no alcance também recebem sinais em LF, pois existe um sinal codificado que permite a ambas estações e os veículos efetuarem sincronismo de tempo com o relógio da rede. Esta informação de tempo permite que todos os elementos do sistema operem em intervalos corretos para melhor uso das frequências em LF e UHF. Os sinais codificados também incluem uma chave de segurança complexa que torna impossível a usuários não autorizados decodificar as transmissões em LF. Além disso, a identidade do veículo é determinada apenas quando os dados são recebidos pela estação base. Esta técnica possui benefícios específicos para eficiência e segurança. Em intervalos regulares a posição do veículo e status é transmitida por um link em UHF de alta velocidade à todas estações base da região. A quantidade de vezes que a posição do veículo é transmitida vai de um intervalo de poucos segundos à trinta minutos, dependendo da aplicação e solicitação do cliente. Na maior parte dos casos, uma taxa de repetição de 1 a 2 minutos é suficiente. São feitas exceções em situações de emergência em que as mensagens do tipo são transmitidas assim que geradas, deixando de lado o intervalo normal. Os dados transmitidos de um veículo serão normalmente recebidos por mais de uma estação base. Isso garante o alto grau de confiança e segurança da rede, poise se acaso uma das estações base não conseguir receber os dados do veículo, outra automaticamente a substituirá.

Artigo traduzido mediante autorização do Worldwide Utility News Club. A publicação em qualquer outro meio é expressamente proibida.

Anúncios

Ações

Information

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: