As primeiras transmissões de rádio na Índia

22 02 2014

Adrian M. Peterson

No distante ano de 1849 ocorreram os primeiros experimentos de transmissão de rádio na Índia. Na época, a jovem Rainha Vitória ocupava o trono na Inglaterra, os Estados Unidos tinham apenas 30 estados e a Índia estava sob controle da Companhia das Índias Orientais.  A capital era a cidade de Calcutá, a segunda maior do Império Britânico, perdendo apenas para Londres.

Neste ano, Dr. Sir William O’Shaughnessy, Superintendente Telegráfico em Cálcutá, transmitiu com sucesso sinais através do Rio Huldee a uma distância de 1,2 km. Ele instalou dois fios às margens do rio, um em cada lado, com uma placa de metal em cada extremo dos fios e com elas imersas na água.

O fio era alimentado por uma bateria de 250 células preenchidas com ácido nítrico e um eletrodo de platina em cada uma delas, fazendo o projeto extremamente caro. A comunicação foi efetuada entre as duas margens, embora com dificuldade. Nove anos depois ele efetuou um experimento similar através das águas do Lago Ootacamund, em  Tamilnadu, sul da Índia.

Seu substituto no cargo de Superintendente do Departamento Telegráfico da India, Mr. Blissett, em 1858 efetuou novos experimentos do gênero com relativo sucesso.

Em 1873 foram efetuadas observações com relação à intermodulação de sinais Morse entre linhas telegráficas paralelas instaladas nos mesmos postes.

Em 1876 foram efetuadas experiências no Rio Hooghly, em Barrackpore, próximo à Calcutá, usando fios paralelos com placas de metal submersas na água.

Mr. W. P. Johnston repetiu os mesmos experimentos perto de um canal com 180 metros de largura em 9 de Setembro de 1879.  Nove anos depois efetuou experimentos próximos a canais na região de Calcutá e no Rio Hooghly.

Mr. Johnston faleceu em abril de 1889 e seu cargo foi ocupado por Mr. Melhuish, que também efetuou experiências similares com o uso da água como meio condutor. Ele descobriu que os fios precisavam ter uma largura maior que a do rio para que a comunicação ocorresse de forma confiável.

Deve ser ressaltado que todos esses experimentos foram efetuados em Código Morse.

O primeiro trabalho experimental de transmissão e recepção de sinais de rádio na Índia foi efetuado por Dr. Sir Jagadish Chandra Bose.  Ele nasceu em 1858, próximo à Dhaka, Bangladesh, embora na época o seu território fizesse parte da província de Bengal, na Índia Britânica.

No final do ano de 1894 Bose começou suas experiências; em novembro de 1895 ele fez uma exibição pública no CalcuttaTown Hall com assistência do Vice-Governador de Bengal, Sir William Mackenzie. Nela, Bose transmitiu sinais sem fio com comprimento de onda de apenas ½ polegada por uma distância de 22 metros através de paredes sólidas. Ele também usou tais sinais para acionar uma campainha e uma arma remotamente.

Em duas ocasiões distintas Bose deu palastras públicas em Londres para apresentar os detalhes de suas experiências em Calcutá. Em 1897 ela ocorreu na Royal Institution e, dois anos depois, na Royal Society. Em sua apresentação de 1899, Bose deu detalhes sobre um receptor que havia desenvolvido e é sabido que Marconi incorporou tais teorias em suas futuras demonstrações públicas na Inglaterra.

Artigo irradiado no programa Wavescan e traduzido mediante autorização. A publicação em qualquer outro meio é expressamente proibida.

Anúncios

Ações

Information

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: