Conhecendo o AQC-ALE

30 11 2013

Day Watson

Provavelmente você já tenha ouvido transmissões em modo AQC-ALE ao buscar por alguma feita em modo ALE. Um bom exemplo são as transmissões diplomáticas suiças. Este artigo é uma tentativa de simplificar um pouco o assunto.

O AQC-ALE (daqui em diante referido como AQC) significa Alternate Quick Call ALE e pode ser implementado como auxiliar das funções do ALE que já conhecemos. Ele também é conhecido como sistema ALE de Segunda Geração, ou Mil.Std 188-141B. Este subsistema utiliza tecnologias adicionais e retira algumas do sistema raiz que são menos usadas. Como resultado temos um estabelecimento mais rápido do link. Uma estação operando em modo AQC pode responder chamadas de qualquer tipo. Entretanto, uma estação que utilize apenas o sistema ALE convencional não poderá responder a uma em modo AQC.

Conhecendo o formato AQC:

A AQC WORD é estruturada de forma diferente quando comparada com o ALE convencional, consistindo de (a) um preâmbulo de 3-bit, (b) um bit de diferenciação de endereço, (c) um campo de endereçamento do pacote com 16-bit, e finalmente (d) um campo de 4-bit para troca de dados; temos um total de 24 bits.

A)  Os preâmbulos FROM e THRU são pouco usados e foram substituídos no AQC por PART2 (que era o FROM) que indica o segundo endereçamento e INLINK (que era o THRU) que indica a transação. O endereçamento e preâmbulos das mensagens são isolados na estrutura de agrupamento do AQC conforme abaixo:

TO TIS TWAS INLINK PART2 (para fase de endereçamento), e CMD DATA REP (para fase de contato).

B)  Tendo um único bit no endereçamento, uma simples diferenciação pode ser feita entre o ALE e o protocolo AQC. Isso previne que endereços legitimamente AQC possam ser confundidos com o ALE convencional.

C)  Três caracteres de 21-bit são empacotados em 16-bit.

Os endereços são reduzidos para um máximo de 6 caracteres (enquanto que no ALE convencional possuem um máximo de 15). Seis caracteres de endereço são enviados em cada transação.

D)  O AQC possibilitará o envio mínimo de 8 bit de informação por transmissão.

Uma comparação do que é ou não suportado em modo AQC:

Suportado:

1. Unit, Star net, Allcalls, Anycalls.

2. Quatro níveis de proteção de link (LP0 – LP3).

3. Troca de LQA como parte do processo de confirmação de chamada.

4. Funções Orderwire/Relay durante a fase de execução do link. Isso inclui:

a.AMD (Automatic message display), DTM (Data text message), DBM (Data block message).

b. UUF (User unique function).

c. Retransmissão de chamada.

d. Hora do dia, administração da rede.

5.  Ao executar o “sounding” eles são compactados para incluir o tempo de busca mais 50%.  Ele também pode incluir um sinal PSK, entre as sucessivas palavras. Isso é usado para aumentar a quantidade de dados LQA.

Não suportado:

1. GroupCalls.

2. Funções AMD, DTM, DBM não estão disponíveis durante a fase de ajuste do link. O AQC tem por objetivo primário o estabelecimento rápido do link. Uma vez feito isso as mensagens podem ser trocadas no que normalmente é a mais eficiente forma que as estações da rede irão empregar.

 3. Envio avançado da identificação do endereçamento da estação durante tráfego.

Outras funções especiais do AQC:

Como o AQC separa a fase de tentativa de chamada da transação, ele permite que o rádio que está fazendo a busca possa detectar e sair de um canal que esteja levando tráfego ao ar e pelos quais não haja interesse. O endereçamento possui formato fixo. A detecção de fim de endereço é permitida sem que o intervalo de espera para a última palavra seja necessário.

Endereçamento:

1. Características:

1-6 caracteres baseados na tabela ASCII-38 usada no ALE convencional.

Uma sequência de duas AQC-WORD é usada para qualquer endereço sendo que um total de 6 caracteres serão transmitidos. O caractere “@” é usado para preencher este total quando for necessário. A sequência será composta de uma WORD com um preâmbulo TO TIS TWAS ou INLINK seguidA por uma WORD com PART2 como seu preâmbulo.

Endereçamento especial:

Sequência AllCall TO-@?@ PART2-@?@

Sequência AnyCall TO-@@? PART2-@@?

2. Preâmbulos:

TO possui a primeira das duas palavras que identificam a estação ou rede chamada.

TIS (THIS IS) possui os três primeiros caracteres da estação que chama ou seu endereçamento.

TWAS (THIS WAS) possui os três primeiros caracteres da estação chamada ou seu endereçamento.

PART2  possui o segundo conjunto de três caracteres usados em um endereçamento AQC.

INLINK  é usado ao transmitir para uma estação com a qual o link já foi efetuado. Possui os três primeiros caracteres de endereçamento da estação que está transmitindo/chamando. Isso também pode ser usado no processamento do reconhecimento.

Artigo traduzido mediante autorização do Worldwide Utility News Club. A publicação em qualquer outro meio é expressamente proibida.

Anúncios

Ações

Information

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: