Gênova Rádio/ICB

12 08 2012

Lino Esposito – SWL: 11-3152/GE

Quando alguém está à bordo de um navio no meio do oceano e o único contato com terra firme ou seu lar é pelo rádio, esse importante trabalho é feito por estações radiotelefônicas ou radiotelegráficas. Na cidade de Gênova/Itália está a Gênova Rádio/ICB.

Mesa receptora da Gênova Rádio – visão noturna.

Muitos operadores de rádio à bordo de navios ouviram a chamada em SSB “Here is Genoa Radio, radiotelephonic marine service, transmitting for receiver tuning” ou em telegrafia “VVV VVV VVV de ICB ICB ICB 8 12 16 MHz K”. Ao longo dos anos a estação prestou bons serviços na troca de mensagens entre familiares, com donos de embarcações ou em situações de emergência. A Gênova Rádio consistia de duas estações, uma receptora localizada em uma bonita área residencial de Gênova Quarto e a transmissora a alguns quilômetros de distância do monte Righi.

Os transmissores estão em um castelo antigo e majestoso conhecido como “Castellacio”. A estação receptora foi instalada de maneira bastante otimizada em termos de desempenho e lá estão os rotores das antenas direcionais e demais instalações de telegrafia. As duas estações são conectadas via cabo e a potência da transmissão está na faixa dos 25 kW.

Sr. Bruno Bassi, operador de rádio durante o trabalho com o Collins 651S-1.

Nas duas estações trabalharam muitos rsdiotelegrafistas e técnicos de primeira classe, muitos dos quais também trabalharam em navios. Eu inclusive pude ver alguns deles transmitindo, falando e recebendo mensagens.

Após vários pedidos fui autorizado pelo Engenheiro Malatesta, da Telecom Italia, a ter acesso à estação receptora, onde encontrei o Sr. Mirra, coordenador dos operadores de rádio, que gentilmente me ajudou a manter contato com alguns dos radiotelegrafistas mais antigos. Durante a visita conheci o Sr. Bruno Bassi, que disse: “Você tem muita sorte, pois eu adoro fotografia e tirei muitas durante os anos em que usamos receptores Collins”.  Ele adicionou: os Collins são os meus equipamentos preferidos, pois são muitos confiáveis e de excelente qualidade”.

Sr. Bruno Bassi operando o Collins 51S-1.

Na estação receptora existiam vários 51S-1 que foram usados para o serviço de telegrafia e 651S-1 para SSB em HF. No total haviam dez 51S-1 e quatro 651S-1.  Eles eram usados de forma alternada e semanalmente eram limpos interna e externamente. O operador de rádio e técnico Sergio Musante (um ex-operador de rádio em plataformas petrolíferas da Texaco e colecionador de receptores R-390A) disse que os Collins nunca quebravam e tampouco precisavam de realinhamento ou troca de válvulas. Apenas uma vez, em 1982, durante uma forte tempestade a sobretensão na fonte de 220VAC queimou um capacitor. Eu tive a sorte de abrir dois 51S-1 e eles eram simplesmente lindos. Sempre lembrarei desse momento.

A estação de rádio foi construída em 1952 e os receptores eram BC-312 e BC-314, substituídos posteriormente pelo italiano Allocchio-Bacchini OC-11, mas a estabilidade e seletividade era inferior a do 51S-1. Eles eram conectados a antenas verticais suportadas por duas enormes treliças à 60 metros de altura bem como modelos log-periódica.

Na frequência de emergência e chamada internacional em telegrafia de 500 kHz os 51S-1 eram conectados ao pré-seletor 55G-1 e eram usados por vinte e quatro horas, às vezes durante um mês inteiro. A antena era composta por uma linha com 600 metros de comprimento a 60 metros de altura. Eles foram os únicos imunes às interferências causadas por emissoras próximas. Muitos equipamentos de marcas famosas foram reprovados no teste dos 500 kHz.

Sala de recepção da Gênova Rádio durante a década de 1980. Há um gato embaixo da cadeira, o mascote da estação.

Os 51S-1 e 651S-1 também eram usados em 500 kHz por outras estações italianas como Roma Radio/IAR, Trieste Radio/IQX, Livorno Radio, Cagliari Radio, dentre outras.

A Gênova Rádio passou dos Correios para a Telecom Italia e os serviços em fonia e telegrafia em HF foram centralizados na Roma Radio. Atualmente opera em 500 kHz (CW), 2182 kHz (SSB) e em VHF com algumas repetidoras em FM.

A estação foi reformada e hoje opera de forma quase que completamente automática e computadorizada. Ao final de 1992 os últimos 51S-1 e 651S-1 foram substituídos por receptores Rohde-Schwarz.

Visão geral do parque de antenas.

Ao fundo, Monte Righi (650 metros acima do nível do mar), “Castellacio” (casa da Gênova Rádio) e outra visão do parque de antenas.

Agradeço a ajuda do Engenheiro Malatesta e o Sr. Mirra, da Telecom Italia, os operadores de rádio Bruno Bassi e Sergio Musante e a tradutora Monica Puggioni.

O fascínio que tenho pelos receptores Collins me levou a escrever este artigo e tenho orgulho por, de alguma forma, contribuir para reforçar a imagem de alta qualidade dos equipamentos de tal fabricante.

Sr. Antonio Biddocchi, chefe-assistente da Gênova Rádio (e radioamador 1K1NHE) junto a um receptor Siemens (Novembro de 1991).

Sr. Vicenzo Mirra, chefe-assistente dos operadores de rádio da Gênova Rádio junto a um receptor Collins 651S-1 sintonizado em 500 kHz (foto de 1992).

Carta de agradecimento da Marinha Italiana.

Certificado Guido Guida, concedido a todos os operadores de rádio da Gênova Rádio.

Outra visão do “Castellaccio”.

Estação receptora da Gênova Rádio.

Cartão QSL da Gênova Rádio (frente).

Cartão QSL da Gênova Rádio.

Artigo publicado no site de Lino Esposito e traduzido mediante autorização. A publicação em qualquer outro meio é expressamente proibida.

Anúncios

Ações

Information

7 responses

12 12 2013
antonio biddocchi

Grazie per aver pubblicato le foto di Genova Radio e dei documenti forniti in
parte dal sottoscritto.
Antonio Biddocchi

1 01 2014
Antonio

Gracias por publicar las fotos de Radio de Génova y documentos proporcionados en
parte de mí mismo.
Antonio Biddocchi
Resposta

4 01 2014
Ivan

Antonio,

Gracias por sus palabras y por la visita a mi blog.

73!

28 02 2014
Antonio Biddocchi

Hola me gustaría saber si se puede poner más fotos en su blog.
Gracias y felicitaciones

28 02 2014
Ivan

Antonio,

Si, es posible. Si tiene interés, puede mantener contacto en directo conmigo a través de la dirección ivan_sorocaba@yahoo.com.br.

73!

19 02 2017
Paulo R. de Candido (Brasil)

Gracie por esta grandiosa matéria, importantíssimo para o conhecimento histórico! Parabéns pela iniciativa.

21 02 2017
Ivan

Paulo,

Grato pelo comentário!

Ivan

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: