LDOC – Controle Operacional à Longa Distância

17 03 2012

Peter Ivakitsch

Para que um voo siga até seu destino, um grande volume de informações como plano de voo, previsão do tempo, performance do avião e manutenção devem estar disponíveis e mantidas de forma a garantir uma jornada segura. Alguns desses fatores, como as condições meteorológicas, frequentemente mudam durante o voo. As estações de controle operacional a longa distância efetuam a ligação entre os funcionários da empresa aérea e os pilotos para troca de informações necessárias aos dois lados.

Um dos métodos mais usados para troca de informações é por meio de phone patches. Estações privadas do mundo todo como as da ARINC (Aeronautical Radio Inc.), Rainbow Radio e Stockholm Radio podem efetuar, por requisição do piloto, phone patches para o centro de controle operacional das empresas aéreas de forma a poder receber e enviar qualquer tipo de informação. Muitas das empresas aéreas de grande porte perceberam os benefícios de estabelecer comunicações com seus voos de forma direta e foram um passo além. A elas foram designadas frequências e assim estabeleceram seu próprio sistema de comunicações. Como a cooperação é algo cada vez mais comum entre as empresas aéreas, aquelas que não possuem uma estação de rádio contratam os serviços das que possuem. Conforme mencionado anteriormente, as informações podem variar, e enquanto a maior parte das mensagens pode parecer de rotina há oportunidades em que elas podem ser bem interessantes.

O fator mais importante a ser lembrado ao monitorar estações LDOC é que com exceção da South African Airways, não há horário determinado para transmissões. Diferente das frequências de ATC em que os aviões informam as posições de tempos em tempos, as mensagens de empresas podem ocorrer a qualquer momento. Conforme informado a exceção é a South African Airways, que possui uma política de contato com Joanesburgo de hora em hora. É comum pilotos informarem o status de manutenção como Alpha (A) ou Bravo (B). O status Alpha significa que os sistemas estão operando normalmente, enquanto o status Bravo indica algum problema e uma breve descrição será passada. Isso faz com que os mecânicos se preparem para os reparos necessários após o pouso.

Por conta de todos esses fatores, o monitoramento de estações LDOC configura uma faceta interessante do nosso hobby. Em um artigo futuro listarei algumas frequências de empresas aéreas de grande porte.

Artigo traduzido mediante autorização do Worldwide Utility News Club. A publicação em qualquer outro meio é expressamente proibida.


Ações

Information

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: