O melhor recanto Dexista da Lapônia agora está disponível para aluguel (parte 1)

26 11 2011

Mika Mäkeläinen

Imagine-se durante uma semana no meio do nada em um local com mais de dez antenas Beverage, cada uma com cerca de um quilômetro de comprimento. Imagine as centenas de estações raras que você poderá ouvir. Agora o sonho de todo Dexista de Ondas Médias é pura realidade. Um grupo de Dexistas finlandeses disponibilizou para aluguel o seu posto de escutas. Participar de uma DXpedition de primeira classe nunca foi tão fácil. Bem vindo a Aihkiniemi, o paraíso Dexista do Ártico!

Em Aihkiniemi você poderá explorar a faixa de Ondas Médias ao seu máximo. Lá foi construída em 2010 a primeira base para DXpeditions da Escandinávia e após alguns melhoramentos nas antenas está pronta para receber você, Dexista de Ondas Médias do mundo todo.

Ainda que alguns de nós sejamos Dexistas de Ondas Médias bastante ativos não é possível estar por lá durante todo o inverno. Por isso decidimos disponibilizar algumas semanas desse período para você aproveitar. Aihkiniemi é um lugar bom demais para não ser compartilhado com a comunidade Dexista internacional.

A cidade está localizada a 69 graus norte e 27 graus leste, na Lapônia e distante 1200 quilômetros de Helsinki. Este artigo é um guia para os recursos disponíveis e o que pode ser ouvido lá. Você também encontrará informações práticas de como chegar e fazer sua reserva, ou seja, todo o necessário para planejar suas férias Dexistas.

Nós queremos que sua DXpedition seja repleta de êxito e conforto. Visitar Aihkiniemi será uma experiência inesquecível, pois já fizemos os investimentos e trabalho pesado por você. Esqueça o trabalho de dias com a montagem de antenas, instale seu receptor e prepare-se para o melhor em matéria de Dexismo em Ondas Médias.

Recursos para o Dexista

Em Aihkiniemi foram instaladas 12 antenas Beverage, cada uma com cerca de 800-1000 metros de comprimento. Estas são as direções e áreas-alvo delas:

Antenas Beverage em Aihkiniemi
250º – Espanha, Reino Unido, Brasil, Argentina, Uruguai e Paraguai
270º – Venezuela, Colômbia, Equador, Peru, Bolívia, Chile e Leste do Caribe
290º – Costa Leste da América do Norte, Cuba, Porto Rico e América Central
305º – América do Norte: Grandes Lagos, Meio-Oeste e México
325º – América do Norte: Pradarias, Montanhas Rochosas e Oeste do México
345º – América do Norte: Norte da Costa Oeste, Columbia Britânica e Alasca
10º – Alasca, Havaí e Pacífico
30º – Pacífico e Nova Zelândia
46º – Japão, Coreias e Nova Zelândia
50º – Sibéria, Japão, Coreias, Leste da China, Leste da Ásia e da Austrália
70º – Oeste e Sul da China, Sudeste Asiático, Tailândia e Oeste da Austrália
100º – Índia, Paquistão, Tailândia, Sul da Ásia, Oeste da Austrália e Oriente Médio

Em Outubro de 2011 as três antenas a oeste foram removidas temporariamente, mas serão reinstaladas no verão de 2012. A antena a 46 graus permanece instalada e funciona muito bem para o Leste da Ásia. Mais antenas serão instaladas no futuro. Como você deve imaginar, as Beverage de tal comprimento são bastante direcionais na faixa de Ondas Médias e sob condições favoráveis você pode escolher o seu foco. Elas também podem ser usadas para escutas em Ondas Curtas. O mapa abaixo ilustra melhor as direções das antenas (imagem clicável para melhor resolução). A antena de 46º não está no mapa.

As antenas de 250º a 30º estão espalhadas na parte noroeste em um terreno plano, mas desafiador, pois é composto por uma floresta com vegetação densa, pequenos lagos e pântanos. O restante das antenas estão instaladas a sudoeste em um terreno acidentado, porém de acesso mais fácil.

As antenas estão instaladas entre 3 e 5 metros de altura para evitar que as renas e alces enrosquem nos fios. Cada grupo de visitantes deve caminhar pela região em que as antenas estão instaladas uma vez durante a DXpedition (em caso de condições seguras para cruzar o lago) para verificar se os fios estão suficientemente distantes do solo bem como fixar novas estacas em pontos que os fios estejam mais baixos. Fios enroscados em uma rena são um verdadeiro pesadelo em termos de relações com a comunidade, algo que queremos evitar a qualquer custo.

Ao fazer uma reserva enviaremos um email com um mapa detalhado das antenas e arredores do posto de escuta. Você também terá maiores informações quanto ao tipo de conectores usados e respostas quanto aos detalhes das instalações que por ventura você necessite.

Todas as antenas possuem aterramento e são alimentadas por meio de transformadores de impedância e coaxial RG-58 até o posto de escutas. Chokes de RF com toroides foram instalados na maioria delas.

Uma vez instalado você deverá ter cuidado no manuseio dos conectores coaxiais. Puxões, conexões e desconexões desnecessárias certamente criarão uma grande dor de cabeça para os próximos hóspedes.

Tenha em mente que a localização do posto de escutas está em uma região selvagem e imprevistos podem ocorrer. Mesmo que haja um grande trabalho de manutenção não  podemos garantir que todas as antenas estejam em condições de uso quando da sua chegada. Ursos, alces, renas e coelhos causam estragos em nossas antenas em determinadas ocasiões, a maioria provocando cortes nos coaxiais que ficam no solo. Caso você tenha problemas não deixe de nos informar, pois tentaremos resolvê-los assim que um dos membros do grupo possa ir até o local. De qualquer forma, pelo número de antenas instaladas você terá sempre terá várias opções à disposição.

O posto de escutas está equipado com um excelente aterramento que deve ser usado em sua chave de antenas. Há também um painel de aterramento em que todas as antenas não utilizadas podem ser ligadas para reduzir a interferência.

O que ouvir?

Se você nunca esteve em uma DXpedition na Lapônia, a faixa de Ondas Médias pode parecer confusa, sendo bastante diferente das condições da Europa Cental, por exemplo.  Você provavelmente encontrará uma faixa bastante silenciosa, e se impressionar com a quantidade de estações distantes tanto durante o dia como à noite. Por outro lado, por estar muito ao norte, durante uma tempestade solar a faixa de Ondas Médias ficará praticamente vazia. As condições podem variar bastante de um dia para outro. Uma semana é tempo suficiente para superar uma tempestade solar e ainda encontrar boas condições. Por conta de tal risco não recomendo o esforço de viajar para permanecer apenas um final de semana.

Os principais alvos são as Américas, Pacífico, Extremo Oriente e Sudeste Asiático, mas centenas de emissoras da Europa e Oriente Médio também podem ser captadas. Abaixo você encontrará um resumo do que pode ser ouvido ao longo de 24 horas sob condições razoáveis.

Sábado ao meio-dia (1000 UTC) é o horário de entrada, a não ser que haja combinação prévia. Instalar seus equipamentos demorará algum tempo, mas durante o primeiro dia você ainda terá tempo para um aperitivo com as emissoras do Oriente.

De Novembro à Fevereiro as primeiras emissoras asiáticas do Extremo Oriente aparecerão por volta das 0900-1000 UTC e do restante do continente até 1400-1700 UTC, quando as do Oriente Médio e Europa gradualmente dominarão a faixa. Esteja alerta para anúncios locais incluindo a identificação da NHK2 às 1319 UTC e no encerramento das transmissões. As emissoras indianas podem ser melhor identificadas por volta do horário de encerramento, às 1740 UTC ou após o início, às 0023 UTC.

Emissoras africanas são particularmente difíceis de ouvir por conta da presença de sinais da Europa Central. Nosso parque de antenas não ajuda muito pois as europeias estão na mesma direção, então não espere a captação de muitas delas, exceto no caso de uma tempestade solar. As melhores opções são as emissoras nigerianas por volta das 2200-2300 UTC (encerramento) e quenianas às 0200 UTC (abertura).

Os primeiros sinais das américas aparecem por volta das 2000-2200 UTC e geralmente são as emissoras de Newfoundland, Venezuela ou Nordeste do Brasil, dependendo da direção da antena utilizada e das condições de propagação. Gradualmente alvos à oeste aparecerão. As condições noturnas costumam variar muito, mas os melhores horários para o Ocidente são após o nosso nascer do sol (0600-100 UTC). Se as condições estiverem boas, emissoras a cada 10 kHz podem ser ouvidas em toda a faixa (uma verdadeira festa!). Mesmo sob condições abaixo da média geralmente há pequenos picos durante a madrugada.

No inverno o sol fica abaixo do horizonte, mas um comportamento similar nas condições de propagação permanece. Sob boas condições emissoras norteamericanas da costa oeste podem ser ouvidas até 1500-1600 UTC e as do Alaska até mais tarde. Os sinais fortes de emissoras do Alaska são surpreendentes!

As horas do dia são propícias para a captação de emissoras do Pacífico. Elas tendem a ser sobrepostas pelas asiáticas à tarde. O Pacífico Sul está no lado oposto do planeta, então a captação de tais emissoras é bastante interessante.

Durante condições inferiores ao ideal a faixa de Ondas Médias pode ficar completamente muda durante várias horas do dia. Aproveite tais horas para se exercitar, verificar as antenas e desfrutar da natureza do Ártico. Em caso de tempestades solares de grande magnitude, sinais transatlânticos podem ser impossíveis de captar durante vários dias.

Se você estiver interessado em ouvir emissoras europeias, as manhãs (0600-0800 UTC) são melhores para captação de sinais da Espanha e Reino Unido. Elas também podem ser ouvidas à noite.

Para quê dormir se emissoras interessantes podem ser captadas 24 horas por dia? Nós geralmente dormimos entre 1700-2000 e novamente entre 0200-0500 UTC. Se você confiar no seu “chute” para escolha de antena pode dormir a noite toda enquanto deixa o SDR gravando. Os melhores horários e que necessitam maior atenção são durante o nascer e pôr do sol.

Quantas emissoras novas na faixa de Ondas Médias você conseguirá ouvir durante uma semana em Aihkiniemi? É difícil prever, uma vez que tudo dependerá da sua experiência, persistência, equipamento, fluxo solar e sorte. Eu diria que se você ainda não tiver feito uma DXpedition na Escandinávia, estiver equipado com um SDR capaz de gravar toda a faixa de Ondas Médias e se durante sua semana de permanência as condições forem razoáveis, espere gravar centenas de novas emissoras. Mesmo após participar de DXpetitions na Lapônia cerca de trinta vezes ainda é possível, sob condições ideais, adicionar mais de cem emissoras inéditas ao logbook durante uma semana em Aihkiniemi. Veja os informes de DXpeditions recentes em Aihkiniemi: AIH3, AIH7 e AIH10.

Acomodações

Os trinta metros quadrados do posto de escuta em Aihkiniemi possuem uma cozinha, um quarto com duas camas e sala de escutas.

Entre os dois cômodos há um banheiro. Sua manutenção é ainda menor se você urinar na floresta. 🙂

Duas portas separam o quarto da sala de escutas, então as atividades Dexistas ou culinárias não importunarão muito quem estiver dormindo, ainda que protetores de ouvido sejam recomendados.

A cozinha possui forno elétrico, microondas, cafeteira, aquecedor, geladeira com freezer, aquecedor de água, pequenas prateleiras e alguns utensílios básicos de cozinha. Você pode usar o ar livre como freezer reserva caso necessário, pois é o período de hibernação dos ursos. 🙂

Há calefação que proporciona uma temperatura bastante agradável. Tenha em mente que o custo do aquecimento é alto e influi bastante no preço do aluguel.

Não há água encanada em Aihkiniemi, então você deverá trazer água mineral e o chuveiro mais próximo está na divisa com a Noruega (15 km de distância). Nós negociamos com Reino Fofonoff, dono da Nitsijärvi (empresa que construiu nosso posto de escutas) para que os Dexistas em Aihkiniemi possam usar seu chuveiro por uma módica quantia. Ele também pode fornecer mais água mineral e no outono você poderá desfrutar da sua sauna. A Nitsijärvi possui um site em Inglês com informações detalhadas sobre como chegar. Outra opção tanto para água como chuveiro é dirigir 5,6 quilômetros ao sul até Matkapaikka Jounila, que oferece acomodações de tamanho semelhantes a nossa do tipo motel. Experimentamos essa localidade pela primeira vez em Agosto de 2011 e achamos muito boa. No inverno sua maior sauna fica indisponível, mas você pode pedir para tomar banho em um dos quartos disponíveis.

Em Aihkiniemi há detector de fumaça e extintor de incêndio. Há pouco espaço para guardar roupas, então prepare-se para deixá-las empilhadas no chão, mesa ou mesmo em suas malas.

Você pode achar surpreendente, mas há cobertura de telefonia celular, então este é o meio para se conectar à Internet. Leve o celular ao verificar as antenas ou andar pela floresta para a eventualidade de se perder ou sofrer algum acidente. Certifique-se de que sua operadora de celular possui roaming na Finlândia ou compre um chip pré-pago ao chegar no país.

Artigo disponibilizado no site www.dxing.info e traduzido mediante autorização. A publicação em qualquer outro meio é expressamente proibida.

Anúncios

Ações

Information

2 responses

28 11 2011
Samuel Cássio

Ivan, continuo acompanhando seu trabalho no dexismo, como sempre excelente !
Os artigos do Mika são ótimos, como este que nos apresentou.

grande abraço

28 11 2011
Ivan

Samuel,

Grato pelo comentário. Até mesmo alguém que não é tão ligado no Dexismo em Ondas Médias adoraria conhecer tal local.

73!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: