Rádio Tonga – O chamado das Ilhas Amigas

5 12 2010

Adrian Peterson

Foi pouco antes de um agradável amanhecer no ano de 1974. Eu estava em uma área aberta próxima da “Long House”, um ponto turístico próximo ao aeroporto Pago Pago em Samoa Americana. Sintonizei meu receptor no quase vazio espectro de ondas médias local e me deparei com o início das transmissões da Rádio Tonga. Um informe de recepção foi enviado e rendeu um exótico e bastante raro cartão QSL da emissora A3Z com um selo em formato de banana. Também recebi um folheto com a história da emissora.

O Reino de Tonga é composto por mais de 150 ilhas, sendo a maior conhecida como Tongatapu, com cerca de 160 km². As ilhas estão espalhadas por 645 km de oceano na região tropical ao sul do Equador.  A população é de cerca de cem mil habitantes, e a maioria vive na ilha principal. Na capital a população é de cerca de vinte mil habitantes. Há três grupos principais de ilhas que estão localizadas ao norte, centro e sul. Trata-se de uma monarquia constitucional estabelecida em 1862 pelo Rei Tupou I.

A Rádio Tonga começou a transmitir em 4 de julho de 1961 com 10 kW em 1020 kHz. Naquela época o serviço de radiodifusão pertencia a um departamento do governo local. Quatorze anos depois a Rádio Tonga tornou-se uma organização estatutária independente. Seus estúdios e transmissores estão localizados na capital.

Para a surpresa e encanto dos ouvintes de emissoras distantes um novo serviço em ondas tropicais foi ao ar em 28 de fevereiro de 1989. Um transmissor de 1 kW retransmitia a programação do serviço em ondas médias na frequência de 5030 kHz. Seu objetivo foi proporcionar a captação da emissora pela população das ilhas mais distantes. Entretanto, alguns meses depois tal transmissor passou a apresentar falhas e a emissora foi ouvida apenas em algumas poucas oportunidades. Uma nova válvula foi comprada na França e o transmissor deslocado para outra localidade, mas não foi colocado em funcionamento novamente.

O marco final definitivo do serviço em ondas tropicais da A3Z ocorreu quando uma tempestade destruiu a antena da emissora em 16 de fevereiro de 1993. Naquela oportunidade a Rádio Nova Zelândia Internacional efetuou durante um breve período a retransmissão da Rádio Tonga para a sua população.

Cartões QSL da A3Z em ondas tropicais são um raridade de valor histórico.

Artigo traduzido mediante autorização do Ontario DX Association. A publicação em qualquer outro meio é expressamente proibida.


Ações

Information

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: